minervapop

domingo, 29 de maio de 2011

MONTY PHYTON - Humor Britanico Genial!


Nesse final de semana comprei a primeira temporada completa de Monty Python’s Flying Circus. Estou preparando um Post específico sobre esses caras, mas vão alguns dos melhores momentos do DVD, pra começar.



Anselmo









domingo, 22 de maio de 2011

LENNY KRAVITZ - O "cara" tá chegando!


O novo álbum de Lenny Kravitz "Black and White America" tá chegando, e pela RoadRunner Records. Ainda não temos muitas informações, mas vão curtindo o single "Come On Get It".....YEAH!!!!!

Anselmo

sábado, 21 de maio de 2011

TERRY ZWIGOFF - O Cineasta Underground


Caso voce esteja interessado em filmes interessantes, inteligentes e completamente “sem noção”, procure os trabalhos dirigidos por Terry Zwigoff , cineasta americano nascido em 18 de maio de 1949.

O cara começou sua carreira como diretor com um documentário sobre Howard Amstrong, um bluesman de Chicago, o filme tem o título de Louie Bluie (1985). Após realizar o filme, mudou-se para São Francisco onde conheceu niguém menos que o genial e visionário Robert Crumb, com o qual descobriu uma afinidade musical(ambos coleccionavam música blues), e começou a fazer parte da banda de Crumb, R.Crumb & His Cheap Suit Serenaders. A partir daí começou a trabalhar em seu segundo e melhor filme, Crumb (1994),um documentário baseado em Crumb, que mostrava quase duas décadas da sua vida pessoal e profissional. Nem precisamos falar que esse foi seu primeiro sucesso comercial, sendo procurado até hoje pelos interessados na arte excentrica de Crumb.

Em 2001 trabalhou e realizou o excelente Ghost World, baseado na HQ de Daniel Clowes, que retrata a amizade de duas adolescentes que apresentam certa excentricidade relativamente ao resto da comunidade escolar (foi com esse filme que aprendi que a expressão “Catch the Bus” signfica suicídio). Na sequência tem o “não politicamente correto” Bad Santa (2003), que narra a saga de um Pai Natal fora do comum, que ofendeu várias comunidades pelo seu conteúdo subversivo.

Em 2006, novamente em parceria com Daniel Clowes dirige Art School Confidential, onde relata a vida de um adolescente que aspira ser um conceituado artista plástico, tentando alcançar o caminho para o reconhecimento profissional e de quebra conquistar uma vida amorosa estável. Apesar de não ter sido um sucesso de crítica, o filme conta com boas atuações de John Malkovich e Anjelica Huston.

Caso alguém tenha alguma informação recente de Terry Zwigoff, mande pra gente.

Anselmo







segunda-feira, 16 de maio de 2011

THE CULT - 14 de Maio de 2011 - HSBC SP


Som alto, sem frescuras, nenhum “Mané” metido a “guitar-hero”, somente Rock & Roll, na concepção “literal” da palavra. Esse é o resumo do show do “the Cult” de sábado, dia 14 maio, no HSBC em São Paulo.

Eu fui um dos felizardos que assistiu ao show da “pista VIP”, com certeza outra qualidade, claro que paguei por isso e não foi pouco.

O show tava marcado pra começar as 22:00, e com 30 minutos de atraso a banda entra com “Every Man and Woman is a Star” pra esquentar o público, mas a seqüência que estava por vir, virou o local de “cabeça para baixo”. Rain, Electric Ocean e Sweet Soul Sister já valeram o ingresso.

A apresentação começou a ser “cadenciada” com “White”, Saints Are Down”, e antes do intervalo teve a performance de Li´l Devil, hit dos bons tempos do álbum “Electric”.

Após um intervalo de três minutos a banda voltou com a nova canção “Embers”, seguida de petardos como Phoenix, Spiritwalker, Rise, Dirty Litlle Rock Star, She Sells Sanctuary, sendo o ponto alto antes do “bis” a execução de Love Removal Machine.

Alguns momentos “interessantes” ficaram por conta do vocalista Ian Astbury. Primeiro o visual, calos comprido e barba, junto com bandana, óculos escuros, mais uma jaqueta de exército camuflada, junto com uma roupa preta de ginástica e tênis branco.

Ian completou 49 anos no sábado, talvez essa maturidade foi a responsável pelo “incomodo” que um cara assoviando na platéia causou ao vocalista, e também alguns comentários como: “Vocês estão ouvindo muito U2”.

Para o “bis” tivemos “Fire Woman” e um cover do The Doors, “Break on Through”, sensacional.

Bom, depois dessa aula de Rock&Roll, ficamos na expectativa das palavras de Ian Astbury: “Estamos preparando um novo álbum, Very Dark and Beautfull”. Vamos aguardar.


Anselmo






sábado, 7 de maio de 2011

TRILOGIA JACK


Caso voce seja daqueles que curtiram filmes como “Jogos, Trapaças e Dois Canos Fumengantes”, “Snatch – Porcos e Diamantes”, não pode perder a trilogia inglesa dirigida e escrita por Paul Tanter, e também com direção de Alexander Williams, que conta a saga de Jack Adleth (Simon Phillips).

Com produção independente “Jack Says” (2009), “Jack Said” (2010) e “Jack Falls” (2011), baseada na graphic novel de mesmo título escrita por Paul Tanter, o filme segue a linha de “Sin City” dirigido por Robert Rodriguez. Filmado em preto&branco, com detalhes em cores, a história de vingança e conspiração do policial Jack é uma boa pedida para quem quer se divertir acompanhado de pipoca e refrigerante.

Confira os "trailers" abaixo, e um curta animado.










terça-feira, 3 de maio de 2011

XAVIER GENS - Emoção Extrema Francesa


Pessoal, pra quem tá interessado em assistir filmes originais, com roteiros e cenas fortes, procurem os trabalhos do cineasta Frances Xavier Gens (nascido em 27 de abril de 1975 em Dunkerque , França ).

Comecei a entender o trabalho do cara a partir do filme “Frontier (s)” de 2007, onde um grupo de jovens manifestantes políticos acabam em uma fazenda onde vivem uma família de nazistas canibais. Não se enganem, o filme é bom, absurdo e bom.

Em 2011 saiu “The Divide”, que narra um futuro próximo, onde Nova Iorque é destruída por um evento apocalíptico,obrigando oito sobreviventes a se esconder no porão de um prédio de apartamentos de grande porte que se torna um monte de escombros. A chegada de um grupo de homens armados ao local cria uma expectativa de resgate, mas que vira pesadelo.

Em processo de produção está Vanikoro, com roteiro escrito por Matt Alexander a partir de uma idéia de Xavier Gens, a quql relata o naufrágio do explorador francês Jean-François de La Pérouse , cujo navio desapareceu perto das ilhas Vanikoro de 1788 .

Os trabalhos de Xavier Gens para a TV francesa também são muito bons, corre atrás. Quem tiver informações atualizadas, manda aí pra gente.

Anselmo.






LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...