minervapop

terça-feira, 28 de julho de 2009

O NEVOEIRO


Como eu disse no post sobre o Stephen King, existe uma série de filmes adaptados de suas obras. Tem filme que é obra-prima, tem filme que é ótimo, tem filme que é bom e tem filme que é ruim.
Na categoria dos ótimos estão os dirigidos pelo cineasta francês Frank Darabont. O cara tem a manha de adaptar histórias do Stephen King.

Em 1994 ele filmou “Um Sonho de Liberdade” com Tim Robbins e Morgan Freeman e em 1999 “A Espera de um Milagre” com Tom Hanks. Ambos dispensam comentários. Se você não viu,
tem que ver. Não são os melhores filmes já feitos, mas são obrigatórios.

O post de hoje é sobre o último filme de Darabont filmado em 2007, lançado nos cinemas aqui no Brasil em 2008 e disponível em DVD a partir deste ano. Chama-se "O Nevoeiro" e também é uma adaptação de Stephen King.

O filme é baseado no conto de mesmo nome publicado no livro Tripulação de Esqueletos. Como fã, considero King um escritor muito melhor quando escreve romances/novelas do que quando escreve contos. Mas este O Nevoeiro é o melhor de sua carreira (talvez porque seja um conto com 134 páginas, rsrsrs)

Trata-se da história de um artista que mora numa casa de campo na cidade de Maine (sempre ela) com a mulher e o filho pequeno. Certo dia, após uma pesada tempestade na noite anterior ter causado vários danos materiais nas redondezas (sua casa incluída) ele sai para ir ao supermercado com o filho comprar algumas coisas para a casa. Insiste para que sua mulher os acompanhe, mas ela prefere ficar.

Já no caminho ao mercado, ele percebe uma densa névoa na região. Acha meio anormal, mas pensa que é por causa do tempo. Com eles dentro do mercado, ruídos estranhos são ouvidos lá fora enquanto o nevoeiro toma conta de vez das ruas. Pessoas saem do meio desta névoa tentando desesperadamente entrar no mercado, sendo que algumas conseguem, outras não, pois são arrastadas não se sabe pelo que.

A partir deste momento todos no mercado passam a se tornar reféns da situação, já que cada pessoa que tenta sair é atacada pelo que está no meio do nevoeiro. A tensão aumenta a cada hora que eles ficam lá dentro e devido a forte pressão psicológica imposta a todos, diferentes reações vão ocorrendo e a incapacidade de uma convivência harmoniosa fica latente. Chega-se ao ponto de algumas pessoas lá dentro se tornarem tão ameaçadoras quanto o que está lá fora.

O resto, só assistindo. O que posso dizer mais é que Frank Darabont mudou o final da história, que passou de um original sem muita esperança (apesar desta ser a última palavra do conto) para um que mexe com nossos sentimentos e inevitavelmente nos faz refletir e pensar que devemos acreditar sempre e nunca perder a esperança.

Abaixo o trailer. Pode parecer um simples filme de terror, mas é muito mais que isso. Assistam, vale a pena.


Sandro

video

Um comentário:

  1. Assiti ao filme.....e achei muito bom. principalmente o lance da Lider religiosa usando o medo coletivo e manipulando a todos....

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...